Cultura POP

Fernando Bianchi: fotógrafo brasileiro bomba pelo mundo!

By  | 

O fotógrafo Fernando Bianchi tem nomes de peso no currículo. Ao longo de mais de 30 anos de estrada, já trabalhou com nomes como Ivete Sangalo, Xuxa e Neymar.  Ele já teve suas obras expostas em galerias de Londres, Barcelona, Paris, Portugal e Itália. E foi justamente em uma dessas exposições que surgiu o convite para uma nova empreitada. Depois de uma temporada em Paris, Fernando Bianchi fechou um acordo com a Secretaria de Turismo Francesa para divulgar um dos destinos mais charmosos do país: Chamonix.  O famoso fotógrafo contou um pouco para gente de sua carreira, inspirações e projetos. Confira!

fernando bianchi fotografo e xuxa meneghel

Fernando nasceu em uma casa recheada de arte. Seu pai era um renomado maestro e, claro, incentivou o lado artístico do filho desde sempre. “Eu sempre acompanhei meu pai nas suas viagens com a orquestra. Tive a oportunidade de amadurecer o meu olhar através de visitas a museus e cidades incríveis espalhadas pelo mundo. Além de maestro e oboísta, ele dava cursos internacionais de interpretação musical e fez diversos cursos sobre a história da arte. ” – conta Fernando Bianchi.

O interesse pela fotografia começou aos 9 anos de idade. “Sempre pedia uma câmera diferente de aniversário e investia toda minha mesada em filmes e revelações.” Essa paixão e o olhar treinado deu ao trabalho de Fernando Bianchi uma característica singular. Sua imagem tem uma linguagem e poesia próprias, como uma assinatura.

fernando bianchi fotografo e série paradoxo

“Busco retratar sempre o lado bom das coisas. Meu estilo é mostrar o belo, mesmo em situações e lugares pouco favoráveis a isso. Gosto de fazer imagens poéticas que transmitam sensações de paz, alegria e coragem” – afirma. E isso fica claro em suas imagens que mesclam linhas e formas da arquitetura com a paisagem e a natureza abundante.

E a busca pela imagem ideal fez o fotógrafo desenvolver uma técnica única de revelação, que ele batizou de High Revelation. “Eu passei um ano e meio fazendo diversas experiências para conseguir chegar na perfeição da técnica. Como antigamente os filmes eram revelados quimicamente e os bons laboratoristas conseguiam dar um visual mais requintado as imagens profissionais, eu me dediquei incansavelmente até conseguir um resultado parecido com o processo químico, dentro do computador.”

Veja também  Opções de lazer perto de São Paulo para passar o dia!

fernando bianchi fotografo e série paradoxo

A técnica imprime ao trabalho de Fernando Bianchi cores contrastantes, um forte apelo de sombras e contornos e tons levemente metalizados. Efeitos que lembram muito as fotos artísticas do passado.

E o que inspira o artista em busca da imagem perfeita? “Em especial, me emociona muito fotografar lugares escondidos do Brasil como vilarejos desconhecidos com seus personagens únicos. Nosso país é abundante de história e possui uma riqueza cultural infinita. Me encanta poder compartilhar o melhor do nosso país através das minhas imagens.”

fernando bianchi fotografo e série paradoxo

Sobre a região de Chamonix, o profissional é só elogios. Localizado pertinho dos Alpes, quase na fronteira entre França e Suíça, é um destino turístico inesquecível. Reconhecido por sua famosa estação de esqui e por vários esportes radiciais, a região abriga o famoso (e deslumbrante) Mont Blanc, que dá nome a famosa marca de canetas.

Hoje o seu maior hobby é viajar e descobrir novos lugares. “Os alpes são inspiradores para fotografar sua paisagem hipnótica. Chamonix é um lugar perfeito para os amantes da fotografia pois tem uma arquitetura elegante com vista para o majestoso Mont Blanc” – explica. E se a sua pegada é buscar por paisagens únicas, aqui é seu lugar.  “Subir até bem próximo dele de teleférico é algo emocionante e podemos contemplar de perto as montanhas da região cobertas de gelo. A beleza da cidade, somada a riqueza da natureza da região, geram uma infinidade de sentimentos e impressões inesquecíveis.”

Veja também  O chamado 3: direto do fundo do poço!

fernando bianchi foto de chamonix

Claro que ele não poderia deixar de citar o lado esportivo que guarda Chamonix. “Aprecio muito os esportes na neve. Pretendo retornar em breve para praticar esqui, que tem abertura de temporada agora, em dezembro.” Fernando Bianchi também destaca o lado gastronômico da região. ” Há muitos restaurantes que vão desde a alta gastronomia, como o Albert I (duas estrelas Michelin), a cozinha vegetariana requintada, como o L´Impossible. Sou de família italiana, e pude desfrutar massas deliciosas e vinhos magníficos lá.” (Veja aqui dicas para arrumar a mala sem surpresas!)

vilarejo de chamonix por fernando bianchi

O convite para divulgar Chamonix surgiu após Fernando finalizar um trabalho do Vale de Loire. As imagens tiveram uma enorme repercussão na mídia, sobretudo depois do registro no Caderno de Turismo, da Folha de S. Paulo. E os trabalhos não param! O profissional deve expor suas obras nos EUA, Japão e França em 2018. Também pretende lançar um livro para mostrar as verdadeiras riquezas do Brasil. “É um projeto que vai mostrar a alegria do povo brasileiro, principalmente de pessoas que vivem em situações adversas, mas nunca perdem a ternura e a felicidade.”

fernando bianchi fotografo e série paradoxo

E se você se apaixonou pelo trabalho singular de Fernando Bianchi, vai aqui uma dica exclusiva dele aos futuros retratistas. “Não basta ter talento para a fotografia. O estudo diário das técnicas e a pesquisa de referências de grandes fotógrafos é essencial. E o mais importante é que cada um crie o seu estilo, antes de fazer um portfólio. Só assim se alcança harmonia”.

Agora que você já conhece mais do trabalho de Fernando Bianchi, que tal se arriscar nos cliques?

 

Erisson Rosati é jornalista, especializado em moda e beleza. Já atuou em grandes veículos como Portal IG, TOP Magazine e Cabelos e Cia. É assessor de imprensa e professor de cursos livres da Universidade Belas Artes.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: