Cultura POP

Katy Perry ironiza sonho americano em novo clipe

By  | 

Quem disse que diva pop não pode ser polêmica e fazer pensar? Katy Perry prova o contrário no clipe de “Chained to the Rhythm”, single do seu próximo álbum, sem data de lançamento confirmada.

Como a canção diz, trata-se da vida perfeita em uma bolha. Pessoas visitam um parque temático chamado Oblivia, onde tudo é perfeito para os padrões americanos. Só que de décadas atrás.  Aliás, o clipe todo tem essa pegada antiguinha, que remete mesmo ao despertar dos EUA para o mundo e a padronização do “estilo de vida americano”.

O vídeo faz ironias com o presidente Donald Trump o tempo todo. Como no momento em que as pessoas embarcam em um brinquedo com a frase “Make America Great Again” (Faça a América Grande Novamente), slogan da campanha de Trump. Ou quando um dos brinquedos arremessa casais por cima de um muro, alusão ao muro que o presidente quer construir dividindo os EUA do México.

Tem também momentos fofos, como a montanha-russa do amor, onde fica bem claro que não há espaço para casais GLBT. Aliás, o clipe todo mostra casais perfeitos e pessoas felizes. Em uma coreografia insana, que não para nunca, como robôs. Claro que tudo fica muito mais aceitável quando acontece em um parque de diversões de encher os olhos.

Veja também  Fashion Meeting Experience: confira tudo sobre a quinta edição do evento!

Katy Perry Video Chained to the Rhythm

Katy tá linda no clipe. Com cabelo rosinha algodão doce e platinado, bem ao estilo anos 50/ 60. Os looks futuristas com silhueta vintage são arrebatadores. Quem não quer aquele casacão prateado e lindo? Katy criou uma imagem forte para vender sua mensagem. Ela sabe fazer isso, muito bem!

A própria cantora se encontra maravilhada com esse mundo. Ela só desperta quando o rapper Skip Marley (neto de Bob Marley), que faz uma participação na canção, a convida para protestar.  O vídeo foi dirigido por Matthew Cullen e produzido por Danny Lockwood, Rob Newman, Bem Leiser e Javier.

A música é uma delícia, hit chiclete certeiro, como tudo que ela faz. De acordo com a própria Katy, ela é propositalmente pop, para que as pessoas possam “cantar a mensagem”. A cantora apresentou o clipe em uma performance elogiada durante o Grammy 2017 e parece que vai agradar aos fãs.

E aí? Achou que Katy Perry acertou ou errou em seu novo clipe?

Erisson Rosati é jornalista, especializado em moda e beleza. Já atuou em grandes veículos como Portal IG, TOP Magazine e Cabelos e Cia. É assessor de imprensa e professor de cursos livres da Universidade Belas Artes.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: