Moda & Beleza

Salto Alto: pesquisa revela hábitos de compra e uso das brasileiras!

By  | 
Qual mulher nunca sonhou em ter, ao menos, uma parte da coleção de sapatos de Carrie Bradshaw, de “Sex and The City”? Apaixonada pelos modelos de salto alto, ela gastava tudo o que podia (e não podia) com eles. O item também é um dos mais amados entre as mulheres brasileiras. É o que revela uma recente pesquisa da Thomas Case.
 salto alto carrie bradshaw closet
 “O Salto Alto e a Mulher Brasileira” é uma pesquisa desenvolvida por Thomas Case, fundador da fabricante de palmilhas ortopédicas sob medida “Pés Sem Dor.” Com participação de 1.835 mulheres, de jovens à terceira idade, de todo o Brasil. Elas responderam um questionário com 90 perguntas. A pesquisa foi realizada entre agosto e dezembro de 2016 e conta 72 páginas de estatísticas de uso, comportamento e dores. E algumas revelações curiosas!
Das entrevistadas, 95,7% declarou que sente dor nos pés ao usar o modelo. Ainda assim, a brasileira tem, em média, 7,4 pares de sapatos de salto alto. São 36% com mais de 10 pares no closet!  Isso pode explicar a preferência quando o assunto é comprar o salto. Em primeiro lugar na lista, o conforto aparece com 80,4% seguido da beleza, com 68,7% em importância.
Quando o assunto é ocasião de uso, 87,5% das mulheres preferem usar o salto para festas e eventos. Já 44,9% usam sapatos de salto alto de 1 a 5 vezes ao mês. Para ocasiões elegantes o primeiro lugar foi do salto agulha, com 24,8%, seguido pelo meia pata, 23,3%. Para atividades cotidianas o modelo Anabela ganha com 32,8% .
E como já imaginávamos, as mulheres adoram salto alto. 73% delas declaram que compraram ao menos um par nos últimos 90 dias.  Sendo que 1/3 deste total comprou 3 pares! Elas declaram gastar, em média de R$100 a R$200 por par. E o item economia também aparece: 70% das entrevistadas costumam pagar R$ 200 ou menos por um par.
salto alto pesquisa compras
Quando perguntadas sobre o valor que gastariam com o salto dos seus sonhos, 65% delas pagariam mais de R$ 200, enquanto 6,5% pagariam mais que R$ 1000. Ou seja, o mercado de luxo ainda precisa se esforçar para despertar a Carrie que existe dentro de cada mulher.
E você? Qual seu modelo preferido? Quanto pagaria por um sapato dos sonhos?

Erisson Rosati é jornalista, especializado em moda e beleza. Já atuou em grandes veículos como Portal IG, TOP Magazine e Cabelos e Cia. É assessor de imprensa e professor de cursos livres da Universidade Belas Artes.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: